Início » Notícias » Beja avança para a construção do Centro de Arqueologia e Artes

Beja avança para a construção do Centro de Arqueologia e Artes

Anúncios

Captura de ecrã 2014-11-27, às 2.00.22 PM

A autarquia liderada por João Manuel Rocha da Silva vai assim dar seguimento ao projecto que já tinha sido idealizado pelo anterior executivo, encabeçado por Jorge Pulido Valente, e que contempla a execução de um espaço que albergue a colecção Jorge Vieira em melhores condições e que, a restante parte do edifício, seja um centro de arqueologia da cidade de Beja.

Pretende-se que este projecto possa ser atractivo turisticamente e que garanta dinâmica cultural e patrimonial da cidade. O futuro Centro de Arqueologia e Artes de Beja ocupará um conjunto de edifícios situados na Praça da República, que envolvem um logradouro interior onde têm sido escavados e postos a descoberto os vestígios do antigo fórum romano de Beja (Pax Julia).

O centro englobará o museu dedicado à obra do escultor Jorge Vieira, enquanto que os achados arqueológicos que ocupam a totalidade do logradouro entram parcialmente para o interior de um dos edifícios a reabilitar.

Todo piso térreo com frente para a Praça da República será dedicado a gabinetes de trabalho e ateliers dedicados à arqueologia, enquanto que num volume novo, situado no lado oposto a este conjunto, na rua da Moeda, serão localizadas áreas de tratamento, depósito e exposição de espólio arqueológico recolhido no local.

O prazo estimado para a execução dos trabalhos está fixado em 540 dias, de acordo com o que a Câmara de Beja indicou no anúncio publicado em Diário da República.

 

(Retirado do Jornal online “Publico”, do dia 3 de Maio de 2013)

Anúncios